Mexendo Panela e Conhecendo Gente


1° – GUARULHOS – LISBOA
Em horário oportuno, aéreo (não incluso) com destino a Lisboa.

2° dia – LISBOA – PORTO
Chegada em Lisboa. Traslado privado para hotel em Porto. Bagagem permitida nos traslados: 1 mala por pessoa (tamanho médio – 67 centímetros x 45 centímetros x 28 centímetros). Noite livre.

3° dia – PORTO
Café da manhã. Visita a Quinta Nova Nossa Senhora do Carmo com prova de vinhos e azeites orgânicos Workshop “enólogo por um dia” onde cada pessoa faz o seu próprio vinho junto com o sommelier da Quinta. História A Quinta Nova de Nossa Senhora do Carmo é um local de extrema beleza, no coração do Douro, e propriedade da família Amorim desde 1999. A ligação da família ao vinho vem de longe, através da sua ligação às casas exportadoras de Vila Nova de Gaia, por via do negócio da cortiça, mas nessa data esta ligação resultou na concretização de um sonho e o projeto está hoje nas mãos da 4ª geração da família. Com uma história superior a 250 anos, a quinta exibe uma traça conservada e o edifício original da adega de 1764, após intervenções a cargo do Arquiteto Arnaldo Barbosa. Mas a quinta é muito anterior a 1764 e história confirma-a como uma grande terra pertencente à Casa Real Portuguesa, tendo sido identificado o seu primeiro proprietário em 1725. A adega vinificava mais de 3.500 pipas de vinho, de parcelas e quintas vizinhas, tendo sido logo integrada na primeira demarcação da região. Os locais históricos que ainda hoje estão preservados dão a perceber todo este peso histórico. O espírito empreendedor e visionário da família fez entretanto a diferença pois, aliado a uma aposta apaixonada no futuro, determinaram o início de múltiplas alterações para um caminho de excelência enológica. Hospedagem no Porto.

4° dia – PORTO  AVEIRO – FÁTIMA – ALVADOS
Café da manhã. Visita a Aveiro com cruzeiro privado pelo canais da cidade em barco moliceiro típico. Visita às Salinas de Aveiro. A produção de sal sempre desempenhou um papel importante na economia da região de Aveiro. O que costumava ser uma atividade econômica próspera, foi de alguma forma diminuindo nos últimos anos. Apenas algumas salinas permaneceram. No Eco-Museu Troncalhada, você pode aprender muito sobre o processo de extração de sal. Visita a Fábrica de Vista Alegre. Conhecida em todo o mundo com uma das mais prestigiadas marcas de porcelana, a Fábrica da Vista Alegre foi criada por José Ferreira Pinto Basto no início do século XIX para fabricar porcelanas, vidro e processos químicos. Em 1812 o empresário adquiriu a Quinta da Ermida, situada em Ílhavo, à beira da Ria de Aveiro, um terreno rico em minerais, barro e areias brancas, essenciais à produção de cerâmica, e pouco tempo depois acabaria por comprar as terras envolventes. Nestes terrenos incluía-se a Quinta da Vista Alegre, onde existia já um palácio, uma capela e diversos edifícios, e foi neste complexo que Pinto Basto montou a sua fábrica de porcelanas. No ano de 1824 chegava o alvará real assinado por D. João VI e, cinco meses depois, recebia o título de Real Fábrica da Vista Alegre. Visitar a Fábrica da Vista Alegre é entrar num mundo que guarda os segredos da fabricação centenária da porcelana de Portugal. Percorra o espaço e acompanhe todo o processo de criação de algumas das mais emblemáticas peças de porcelana portuguesa, desde a composição da pasta até o cozimento final. Venha conhecer a escola de pintura que, ao longo da história da fábrica, tem sido basilar tanto na formação de muitos jovens artistas como na preservação da tradição de excelência. Na área da Manufatura testemunhe o motivo pelo qual a técnica de pintura à mão distingue de forma excepcional a Vista Alegre, sendo esta uma das poucas indústrias que mantém mão-de-obra especializada e qualificada em trabalho exclusivo para a produção das suas peças prestígio. A par da excelência da pintura a pincel, venha comprovar a modernidade tecnológica da produção da fábrica, uma tendência que desde o final de século XIX foi decisiva para manter a Vista Alegre na vanguarda dos métodos de produção e design de porcelanas.
Prova de Doces Típicos de Ovos Moles de Aveiro Em Aveiro, não resista a provar um dos doces mais típicos da região, os ovos moles. Com origem nos antigos conventos femininos da região, a receita dos Ovos Moles de Aveiro transpôs o convento, atravessou gerações e chegou até aos nossos dias. De confecção simples, cujos ingredientes são a água, açúcar e gema de ovo cru, os ovos moles são ainda hoje confecionados de forma tradicional. Além do seu sabor intenso e doce, bem como a sua tonalidade entre o amarelo e o laranja, o que torna estes doces verdadeiramente únicos é a sua textura e, posteriormente, a forma em que são servidos, ou melhor, a forma como são dispostos. Envolvidos em hóstia com forma de conchas, búzios e peixes, homenageiam a tradição marítima de Aveiro.
Almoço no “Mercado do Peixe” – restaurante típico da cidade situado por cima do mercado do peixe e onde é possível ter contato com os produtos das ementas servidas. Visita a Fátima com tempo para assistir à missa e compras. Check in no Hotel Cooking & Nature Emotional. Aula de cozinha com chef do Hotel Cooking & Nature Emotional com produtos orgânicos e sazonais, seguido de jantar do que foi feito na aula por cada pessoa. Hospedagem no Hotel Cooking & Nature Emotional Imagine-se num dos vales mais bonitos de Portugal, em pleno coração do Parque Natural das Serras de Aire e Candeeiros, onde se respira o profundo ambiente rural da Aldeia de Alvados, com o seu povoamento disperso, os seus muros de pedra seca, e os extensos carvalhais se entrelaçam com os olivais ainda vivos e pleno de tradições ancestrais. No extremo sudoeste europeu encontra-se uma região a que podemos chamar o Coração de Portugal.
Muitos dos acontecimentos que estiveram na origem de Portugal – o reino com as fronteiras mais antigas da Europa – deram-se nesta região, uma região atravessada pela História, mas também por mitos e lendas. A existência de três dos mais importantes monumentos portugueses considerados Patrimônio da Humanidade pela UNESCO, numa área de pouco mais de 90 km2 atesta este fato excepcional. Estes três monumentos constituem um autêntico compêndio da arte e arquitetura medievais e um retrato único da sedimentação histórica na formação da Europa. Alcobaça revelou-se um projeto não apenas de consolidação territorial em pleno período feudal, mas também de consolidação cultural – já que o mosteiro foi, também, um lugar de concentração da cultura medieval, onde pontificou a mais vasta biblioteca de Portugal; Tomar, para além de manter viva uma ligação aos “mistérios templários”, constituiu um centro do poder militar e da expansão europeia; enquanto que a Batalha consagrou uma geração de homens – entre vencedores e vencidos – que configurou os contornos da Europa e do mundo modernos. Coração de Portugal. Coração porque, muito antes, muito depois e muito para lá dos fatos históricos, esta região se manteve um lugar de encontro de culturas, que se exprimiu no sincretismo do povo “moçárabe”, lugar onde se formou a identidade portuguesa. Para mais, é neste “triângulo mágico”, como já alguém lhe chamou, que se encontra uma natureza, agreste e acolhedora, nos cumes e vales das serras de Aire e Candeeiros.

5° dia – ALVADOS
Café da manhã. Dia livre para aproveitar as experiências que o hotel oferece. Manhã livre no Hotel (aproveite para passear pela Serra com o dono do hotel). Ao subir a serra, o guia leva na mochila um café quente para servir no alto do Castelejo, você vai conhecer a Gralha-de-bico-vermelho e perceber porque se encontram tantos fósseis marinhos por estes lugares. Ao mesmo tempo, lá no alto, com um bocadinho de sorte, você verá a Águia-cobreira, alva como as pedras da serra. Os mais preguiçosos poderão ficar pelo terraço onde encontrarão binóculos para observação de aves e um telescópio para observação das estrelas. Se preferir um passeio de bicicleta pelos campos do vale de Alvados o hotel tem bicicletas que emprestam gratuitamente. Há 2 km do Cooking Hotel oferecem em parceria com o Centro Hípico de Alcaria, passeios a cavalo pelo Parque Natural, que poderão durar 1 hora, 1 dia ou mesmo 7 dias com diferentes percursos todos os dias. Nas noites de Luar você fica desde já convidado para um magnífico passeio pelo carvalhal de Alvados.

6° dia – ALVADOS – ZONA OESTE (MAFRA) – LISBOA
Café da manhã. Check out no hotel. Visita ao final da manhã a Quinta do Arneiro (1.ª quinta a implementar a agricultura orgânica em Portugal). Desde a década de 60 que a Quinta do Arneiro faz sucesso na região de Mafra, na Azueira. Começou com plantação de pêra Rocha, fruto pelo qual é mais conhecida, e passou mais tarde para a produção biológica. Fazer chegar os alimentos às famílias e desafiá-las a alterar os seus hábitos alimentares foi um objetivo que ficou cumprido quando começaram a enviar cabazes semanalmente a casa dos clientes. Mas não parou por aqui. Agora, entre visitas de estudo, refeições e dias abertos, fazem também workshops. Depois da visita, você terá um almoço com produtos locais e workshop de doces típicos com fruta orgânica. Restante do dia e noite livres. Hospedagem em Lisboa.

7° dia – LISBOA e ALENTEJO
Café da manhã. Tour FD Alentejo com visita a cidade histórica de Évora (sem guia). Évora situa-se no coração da planície alentejana, na confluência de três importantes bacias hidrográficas – Tejo, Guadiana e Sado –, ponto de cruzamento milenar de vias e rotas comerciais que ligavam e ligam o litoral ao interior peninsular, o norte ao sul. A região de Évora é um território antigo, com vestígios de ocupação humana desde a pré-história. A posição geográfica privilegiada pode explicar, em parte, a importância que a cidade adquiriu desde a antiguidade, centro político e social de todas as civilizações que marcaram o atual território português. O tempo parece que não passou em Évora, uma cidade medieval bem preservada em que ainda encontramos muralhas, uma catedral do século XIII, vários palácios e um templo romano do século I. Almoço + workshop de cozinha orgânica na Herdade do Barrocal em Monsaraz Propriedade da mesma família há mais de 200 anos, a herdade tem o seu coração funcional e social num antigo monte alentejano, que viu rejuvenescer a cadência da vida rural de que sempre foi testemunha num hotel de luxo despretensioso, no seio de vinhas, azinheiras e oliveiras centenárias. Aqui, neste monte e na paisagem que o rodeia, sentimo-nos em casa e pertencer à vastidão da terra.
Visita a Vila Medieval de Monsaraz Monsaraz, a airosa vila medieval de Monsaraz, mantêm a sua magia de outrora como poucos lugares no mundo. Feita de cal e xisto, este lugar ecoa por entre magníficas histórias de reis audazes, cavaleiros templários, gentes bravas e damas de beleza singela. Hospedagem em Lisboa.

8° dia – LISBOA – BRASIL
Café da manhã. Em horário oportuno, traslado privado para o aeroporto para vôo de regresso. Bagagem permitida nos traslados: 1 mala por pessoa (tamanho médio – 67 centímetros x 45 centímetros x 28 centímetros).

 

INCLUI

Traslado privado IN/OUT
Kit de Viagem Esmeralda (Capa de Voucher, Necessarie e Diário de Viagem personalizado)
Seguro Viagem GTA Euromax

EXPERIÊNCIAS
09/04 DOURO Visita a Quinta Nova Nossa Senhora do Carmo com prova de vinhos e azeites orgânicos. Workshop “enólogo por um dia” onde cada pax faz o seu próprio vinho junto com o sommelier da Quinta e Almoço com bebidas na Quinta Nova Nossa Senhora do Carmo e transporte privativo de ida e volta
10/04 AVEIRO Cruzeiro com Salinas de Aveiro + Prova de Doces de Ovos Moles – Regular
10/04 VISTA ALEGRE – Visita a Fábrica e Museu de Vista Alegre com transporte privativo
10/04 AVEIRO – Almoço sem bebidas no Mercado de Peixe e visita a Fátima com transporte privativo
10/04 ALVADOS – Aula de cozinha e jantar com bebidas no hotel Cooking & Nature Emotional
11/04 QUINTA DO ARNEIRO – Visita na quinta (Agricultura Biológica) e almoço sem bebidas e transporte privativo
13/04 MONSARAZ – Almoço típico sem bebidas + workshop de cozinha orgânica na Herdade do Barrocal em Monsaraz e transporte privativo de ida e volta / Tour FD Alentejo com visita a cidade histórica de Évora e Visita a Vila Medieval de Monsaraz com motorista (sem guia)

HOTÉIS PREVISTOS OU SIMILARES
Hospedagem no hotel EUROSTAR DAS ARTES 4* ou similar – PORTO 08-10/04 com café da manhã
Hospedagem no hotel COOKING & NATURE EMOTIONAL 4* – ALVADOS 10-12/04 com café da manhã
Hospedagem no hotel VIP EXECUTIVE EDEN 4* ou similar – LISBOA 12-14/04 com café da manhã

NÃO INCLUI
– Bebidas, Comidas e Excursões não mencionadas
– Gorjetas, ligações telefônicas, frigobar, etc
– Qualquer item não mencionado como incluso

Nossa cotação não é válida por um período diferente do mencionado acima.
Valores calculados de acordo com o mínimo e o limite de pessoas mencionado. Caso a quantidade seja diferente, é cobrado suplemento.

Passageiros com outra nacionalidade (que não a brasileira), deverão entrar em contato com as Embaixadas dos países envolvidos no roteiro, para averiguar a necessidade de visto ou outra documentação específica;
O passageiro é inteiramente responsável pela obtenção dos documentos necessários para a viagem;
O passaporte deverá ter amplo espaço para os carimbos e/ou selos que serão colocados pelos oficias de imigração dos países a serem visitados, sob pena de ser impedido de embarcar na apresentação no aeroporto;
É de responsabilidade exclusiva do passageiro a conferência de sua documentação. O nome a ser impresso na passagem aérea deverá estar em perfeita adequação ao nome constante no passaporte;
Para viagens de menores de 18 anos, quando realizadas sem a companhia de um ou ambos os pais, exige-se a apresentação de autorização de viagem dos pais com firma reconhecida. Para maiores informações, consulte o site da Polícia Federal;
Caso haja alguma alteração governamental, aérea ou de grande variação cambial, nos reservamos o direito de revisar os preços ou corrigir a diferença, dando a opção ao passageiro de cancelar a viagem, recebendo o reembolso do pagamento efetuado, menos as despesas operacionais, e mediante regras de cancelamento de fornecedores (vide contrato de prestação de serviços turísticos);
O receptivo local reserva-se o direito de alterar a ordem do itinerário quando necessário;
Valores não válidos para período de datas comemorativas, feriados, feiras, eventos e congressos internacionais.

PREÇO DO PACOTE POR PESSOA EM APTO DUPLO
CATEGORIA – SUPERIOR
CIDADE NOITES HOTEL QUARTO REFEIÇÃO VALOR ( 2019 / 11 PESSOAS)
PORTO 2 EUROSTAR DAS ARTES* STANDARD CAFÉ DA MANHÃ
ALVADOS 2 COOKING & NATURE EMOTIONAL* STANDARD CAFÉ DA MANHÃ
LISBOA 2 VIP EXECUTIVE EDEN* STANDARD CAFÉ DA MANHÃ

*Hotéis mencionados ou similares

Vendas diretamente com:
Forma Family – Danielli Carelli – (61) 3322-3012
Just Go Travel – Veryne Miranda – (62) 3639-1545
Alsscor – Fabiola Scorvo – (62) 3954-0909
Open Tour – Luciana Ottoni – (62) 3545-1300

À VISTA
ENTRADA DE 35% + SALDO EM ATÉ 5X SEM JUROS NOS CARTÕES (MASTER/VISA/DINERS)

Todos os preços publicados devem ser previamente consultados, pois estão sujeitos à disponibilidade e alteração sem aviso prévio. Os preços são de referência e POR PESSOA em moeda estrangeira e devem ser convertidos para R$ conforme câmbio do dia e estão sujeitos à variação cambial. Somente a confirmação da reserva garante a tarifa e disponibilidade.

Portugal
Nome oficial do país: República Portuguesa
Fronteiras: Espanha.
Fuso horário: Abril, Maio, Junho, Julho, Agosto, Setembro e Outubro: 4 horas a mais.
Março e Outubro: 3 horas a mais.
Novembro, Dezembro, Janeiro e Fevereiro: 2 horas a mais.
Clima e Melhor Época: O clima ameno, 3000 horas de sol por ano e 850 km de costa banhada pelo oceano
Atlântico fazem de Portugal um destino perfeito em qualquer altura do ano.

Vistos
Os cidadãos brasileiros não precisam de visto para entrar no Portugal. Precisa de passaporte. As autorizações de permanência turística são dadas à entrada e por 30 a 90 dias, dependendo das necessidades do turista e da decisão do oficial de emigração no momento, e são carimbadas no passaporte e/ou cartão de emigração.

Línguas faladas
Língua oficial: Português.

Cuidados de saúde
Devido à boa segurança sanitária de que predispõe Portugal não é necessária nenhuma vacina obrigatória para visitar o país.

Dinheiro
A moeda oficial de Portugal é o Euro.
Símbolo: €.
Código internacional: EUR

Electricidade
A corrente eléctrica é de 230V 50Hz e as tomadas são, maioritariamente, de 2 pinos redondos, tipo C & F.

Telecomunicações
O indicativo internacional de Portugal é o +351. O país dispõe de 3 operadoras de telefonia móvel ou, como dizem por lá, de “telemóvel”: Vodafone, Optimus e TMN. É fácil de reconhecer pelo número, pois os que começam em 91 são da Vodafone, os 93, da Optimus, e, os 96, da TMN. Recomendamos a quem vai pro exterior que leve consigo seu celular, seja ele “triband” ou “quadriband” (é só ver no manual o tipo), desbloqueado. No país de destino, é só comprar um chip (SIM card) pré-pago. Na Europa (e, no caso específico, em Portugal), eles custam na faixa de 5 Euros e comumente já vêm com um certo valor em créditos.